top of page
  • Foto do escritorSegware

Botão de Pânico Segware: o que é e para o que serve? Descubra aqui!

Atualizado: 15 de mar.

Dentre as soluções de segurança eletrônica, o botão de pânico se destaca por sua praticidade e adaptabilidade às necessidades do cliente. Neste conteúdo você vai entender o que está por trás da ferramenta, como ela funciona na prática, além da sua importância na política de segurança dos ambientes - sejam eles privados ou corporativos.


De maneira geral, o botão de pânico é um dispositivo que atua em quatro principais frentes: 


  • Mitiga os crimes contra patrimônio, sobretudo aqueles representados por invasões de imóveis;

  • Aumenta a proteção das pessoas em relação a eventos de ameaça ou de possibilidade de agressão;

  • Torna mais efetiva a segurança dos motoristas. 

  • Atua como alerta de saúde para pessoas idosas ou em algum estado de vulnerabilidade.


Ou seja, é uma inovação que potencializa os serviços de segurança, estando a apenas um toque do usuário. Calma, a gente te explica!


Neste artigo, vamos conversar sobre o universo do botão de pânico,  abordando os diferenciais do oferecido pela Segware  - empresa líder de mercado com o melhor software para centrais de monitoramento.


Você vai ler por aqui: 


  1. O que é o Botão de Pânico e para o que serve a ferramenta?

  2. Os 3 Tipos de Botão de Pânico

  3. Como o botão de pânico funciona na prática? 

  4. Qual a importância do Botão de Pânico no dia a dia?

  5. Por que o Botão de Pânico deve ser inserido nas suas soluções de segurança? 

  6. Por que o Botão de Pânico deve ser inserido na rotina da minha empresa, casa ou negócio? 

  7. Cuidados ao usar o Botão de Pânico

  8. O Botão de Pânico da Segware

  9. 5 diferenciais do Botão de Pânico da Segware 


O que é o Botão de Pânico e para o que serve a ferramenta?


A violência contra pessoas e patrimônios ainda é um dos grandes desafios dos estados e cidades brasileiras. 


Para reverter tal quadro e oferecer aos seus clientes mais praticidade e rapidez na solução de problemas de segurança, empresas especializadas no segmento, tal qual a Segware, têm desenvolvido serviços/produtos bastante tecnológicos


Um desses exemplos é o Botão de Pânico, que atua tanto em ambientes domésticos, quanto corporativos ou industriais e até como proteção individual dos clientes.


Em linhas gerais, trata-se de um dispositivo que, ao ser acionado, envia uma mensagem ou sinal para a central de monitoramento da empresa de segurança contratada, avisando que algo perigoso pode estar ocorrendo.


Por meio desse sistema, o usuário que pressiona o botão de pânico consegue contatar os responsáveis pela segurança pessoal ou patrimonial e, a partir daí, de forma praticamente instantânea, os operadores desse serviço podem mobilizar planos de ação para conter o crime.


Como um de seus principais diferenciais, ao ser pressionado, o botão não emite som, preservando a integridade da pessoa que o utiliza. 


Por tal abrangência, a tecnologia serve tanto ao setor privado, quanto ao público, sendo,  bastante empregado, por exemplo,  no combate à violência doméstica nos estados do Espírito Santo, São Paulo, Paraíba, Maranhão e Pernambuco.


Além disso, de acordo com a demanda do consumidor, existem diversas formas de instalar e usar a ferramenta.


É o caso do Botão de Pânico fixo, Botão de Pânico móvel e, até mesmo, daquele direcionado para idosos e emergências médicas. Abaixo explicamos um por um.


Os 3 Tipos de Botão de Pânico 


Como dissemos anteriormente, o botão de pânico pode ser incrementado à segurança do cliente em diferentes modalidades: Botão de Pânico fixo, Botão de Pânico móvel e, até mesmo, um para idosos e emergências médicas.


  • Botão de Pânico MÓVEIS:


O botão de pânico móvel – também chamado de digital ou portátil – é o modelo ideal para motoristas, pedestres ou até mesmo vigilantes locais. Também pode ser usado por crianças em saídas de escolas ou mulheres que se sintam ameaçadas na rua ou por violência doméstica.


Seja para aplicações residenciais ou comerciais é uma ferramenta que aprimora a política de segurança implementada e facilita a emissão de alertas sobre situações-problema. 

Ele pode ser apresentado no formato de um chaveiro, com mobilidade irrestrita, ou através da funcionalidade inserida via aplicativo de smartphone - este é o caso do botão de pânico da Segware, disponibilizado por meio do Segware My Security.


  • Botão de Pânico FIXOS: 


O botão de pânico para alarme refere-se a um dispositivo integrado com o monitoramento eletrônico de imagens e alarmes, capaz de oferecer à central outros e mais ricos detalhes sobre situações emergenciais.


Nesse caso, o botão é colocado em um local estratégico e devidamente mapeado, para alertar sobre intrusões em garagens, cofres, caixas registradoras, dentre outros espaços. Normalmente, há a integração do botão a um bom sistema de segurança eletrônica, para otimizar o uso do dispositivo.


  • Botão de pânico para emergências médicas e idosos


No setor de saúde, o botão de pânico pode ser utilizado em emergências médicas para alertar o corpo clínico a respeito de situações de risco. É uma ferramenta essencial para idosos com condições de saúde sensíveis, para crianças que normalmente são mais vulneráveis ou para pessoas que desejam a possibilidade de emitir sinais de perigo no caso de emergências médicas. Muitos lares de idosos fazem uso desse dispositivo para assegurar a saúde de seus moradores.


É importante destacarmos que o Botão de Pânico da Segware, associa as características da modalidade móvel às do Botão para Saúde. Neste cenário, a funcionalidade, que é associada aos recursos do My Security, pode ser direcionada a emitir alertas tanto para a central de monitoramento, quanto para familiares ou pessoas cadastradas no círculo de amizade do cliente. Assim, após o recebimento da mensagem de alerta existem dois cenários plausíveis: 


  • Alerta enviado para familiares ou alguém do círculo de amizade: No botão de pânico para saúde, quem recebe o alerta pode verificar se a pessoa está bem, chamando, caso necessário, a emergência médica o mais rápido possível. No caso de outras urgências, o familiar pode receber o alerta,  acionar a central de monitoramento ou a polícia local. O diferencial dessa comunicação encontra-se na possibilidade do familiar ficar por dentro da situação de risco e no poder de contribuição com a central de monitoramento, resultando em uma solução de conflito mais ágil.

  • Alerta para atendimento pela central: A própria toma as providências conforme o que foi definido com o cliente. Se for de preferência do usuário, os eventos de pânico podem ser enviados, exclusivamente, para a central de monitoramento.


Na prática, independente dos tipos de botão de pânico existentes, a lógica de funcionamento da ferramenta será a mesma: quando acionados, emitirão um sinal de alerta para o responsável pela política de segurança em questão.


Como o botão de pânico funciona na prática? 


Geralmente, ao receberem o sinal de alerta de um botão de pânico, os operadores da central de monitoramento entram em contato com a pessoa que gerou a ocorrência. Esse contato pode ocorrer de duas formas: 


  • Na primeira, a central pode ligar para o usuário que ativou o botão. Caso ele não atenda ao telefone, a empresa inicia os processos de atendimento, enviando uma viatura ou acionando imediatamente os órgãos competentes.

  • Caso alguém atenda ao telefone, é solicitada uma senha. Se a pessoa der uma senha diferente da previamente definida, como por exemplo uma senha de "coação", a central de monitoramento desliga o telefone e realiza os processos definidos de atendimento, como o acionamento remoto da polícia. Se a senha estiver certa, a ação é cancelada. 


Nessas duas hipóteses a central consegue visualizar a localização, em tempo real e somente enquanto o evento está sendo tratado, do cliente que gerou a ocorrência, potencializando a sua segurança. 


Por fim, como dissemos, no Botão de Pânico da Segware, o alerta também pode ser emitido para um familiar ou contato cadastrado.


Qual a importância do Botão de Pânico no dia a dia?


O Botão de Pânico é uma uma ferramenta que complementa o sistema de segurança, pois possibilita que uma pessoa agredida, ameaçada ou furtada encontre socorro sem se colocar em risco. 


Como o dispositivo não emite som ao ser pressionado, usá-lo torna-se uma prática imperceptível. Dessa forma, é um investimento que permite que residências, empresas, pessoas e indústrias não temam a imprevisibilidade de invasões ou agressões em suas rotinas. 


Além disso, o Botão de Pânico, como dito anteriormente, pode auxiliar pessoas mais sensíveis e em situação de fragilidade, como crianças, enfermas e idosos.


O dispositivo também é importante por oferecer uma alternativa eficiente para segurança, nos mais diferentes contextos, adaptável à realidade do cliente.


Por que o Botão de Pânico deve ser inserido nas suas soluções de segurança?


O Botão de Pânico pode ser uma oportunidade para gerar novos negócios a partir das suas importantes funcionalidades.


Tanto residências, empresas, pessoas, quanto indústrias podem se beneficiar com esse serviço, representando um amplo campo de atuação da iniciativa.


Em geral, pode-se dizer que qualquer cliente que tenha um sistema de monitoramento está habilitado a fazer bom uso do Botão de Pânico.


Por isso, se a sua empresa ainda não conta com essa solução, é uma boa ideia inseri-la em algumas opções de pacote oferecidos.


Por que o Botão de Pânico deve ser inserido na rotina da minha empresa, casa ou negócio? 


Se o potencial da ferramenta ainda não ficou claro, podemos retomar o que abordamos ao longo deste artigo. 


O Botão de Pânico é uma ferramenta capaz de complementar todas as outras práticas de segurança pessoais, da sua empresa ou casa.


Trata-se de uma ferramenta bastante prática, normalmente agregada a outras funcionalidades, ampliando a atuação da Central de Monitoramento e otimizando o tempo de resposta a incidentes.


Cuidados ao usar um Botão de Pânico 


Um dos principais cuidados na utilização do botão de pânico é garantir que ele esteja integrado a um sistema de câmeras. Quando isso ocorre, o operador habilitado para receber o sinal de alerta consegue identificar o que está ocorrendo em tempo real, tomando providências específicas, prudentes e rápidas para cada situação.


Além disso, o usuário desse serviço deve ter consciência sobre o papel da ferramenta e sobre a sua responsabilidade dentro da política de segurança estabelecida com a central de monitoramento. 


Em outras palavras, um botão de pânico só deve ser acionado quando há razão prática para isso, visto que a sua função é alertar se uma pessoa está sob ameaça ou perigo. Quando um usuário aciona a tecnologia de maneira equivocada e com frequência fora do normal, a central de monitoramento pode interpretar o próximo comando como pouco urgente, despriorizando as ações para mitigação dos efeitos do incidente.  


Nesse contexto, a empresa de segurança deve explicar ao usuário como acionar um botão de pânico, destacando todos os pontos que tratamos acima. Alguns botões de pânico, por exemplo, são acionados apenas com um toque, outros necessitam de dois ou mais, há ainda os que são ativados através da pressão de equipamento por alguns segundos. Ou seja, é necessário que o cliente reconheça a sua importância para que a ferramenta funcione adequadamente. 


O Botão de Pânico da Segware


Por meio do aplicativo para usuário final, o Segware My Security, a Segware oferece a função de Botão de Pânico. 


Nesta perspectiva, portanto, o botão é virtual, alocado dentro do próprio aplicativo, pelo qual o usuário pode acionar ajuda com apenas um clique. Ou seja, é ainda mais prático.


Em caso de necessidade de reforço, o cliente também pode pedir uma viatura para o local, diretamente pelo app.


Após o acionamento, uma contagem de 3 segundos é iniciada, e, caso a solicitação não seja cancelada, um evento de pânico é gerado para que a empresa de monitoramento apure e resolva a ocorrência.


Por fim, de forma complementar às suas vantagens, o aplicativo My Security da Segware pode ser personalizado com a logo da sua empresa para aumentar a identificação dos clientes com a marca, repercutindo em uma noção de maior profissionalismo.


5 diferenciais do Botão de Pânico da Segware 


👉 1) A comunicação entre a geração do evento, o acionamento do botão e a Central de Monitoramento é muito rápida e, em questão de segundos, a operação já estará atuando no evento gerado.


👉 2) A Central de Monitoramento acompanha em tempo real a localização do cliente, apenas durante o período de tratamento do evento, por meio do software de monitoramento Segware SIGMA Cloud.


👉 3) É possível ainda criar um grupo de notificações, o que irá permitir que todos os usuários desse grupo sejam notificados assim que um evento seja gerado.


👉 4) O aplicativo My Security pode ser personalizado com a logo da sua empresa, permitindo maior identificação e fidelização com o cliente. 


👉 5) O botão de pânico é uma ferramenta que pode ser cobrada à parte, gerando uma receita adicional em relação aos serviços já prestados e sendo vantajoso para as Centrais de Monitoramento.

________________________________


Investir nessa tecnologia, além de gerar novas oportunidades de negócio, complementa as soluções de segurança oferecidas pela sua empresa e a projetam, cada vez mais, como referência no mercado


Depois desse guia prático sobre Botão de Pânico da Segware, suas funcionalidades, benefícios e nichos de mercado, que tal solicitar uma demonstração do serviço para o seu negócio? 


8.936 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page