top of page
  • Foto do escritorSegware

Expandir o negócio através da integração de sistemas é realmente possível? Descubra no Case Entri e Segware!

As transformações digitais representam um dos aspectos que mais impulsiona o desenvolvimento do setor de segurança eletrônica. 


Exemplo disso, a integração de sistemas têm permitido que negócios do setor experimentem benefícios constantemente, como é o caso da escalabilidade, otimização de processos, resposta rápida a incidentes, diversificação da carteira de clientes, entre outros. 


Neste artigo vamos conversar sobre como essa possibilidade tecnológica repercute em resultados na prática das organizações.


A partir de agora você conhece o novo Case de Sucesso da Segware! Saiba como a Entri Portaria utilizou os recursos do software de monitoramento mais completo e com mais integrações do mercado para alavancar seu negócio.


Você vai ler por aqui:



Panorama de investimentos em integração de sistemas. 


Até 2025, de acordo com uma pesquisa realizada pela Brasscom, em parceria com a IDC, o mercado projeta a destinação de, aproximadamente, R$ 666 bilhões às tecnologias e ferramentas de transformação digital focadas na experiência do usuário. 


Além do aporte já esperado para a inteligência artificial, outras áreas serão destaque nos mais diversos segmentos. É o caso, por exemplo, da integração de sistemas


O que isso significa? De forma geral, que o meio corporativo e as tendências de consumo continuarão priorizando soluções inteligentes, capazes de utilizar a tecnologia para proporcionar jornadas de consumo ágeis e interconectadas, através de soluções dotadas de usabilidade. 


Pense nas movimentações financeiras que você realiza em uma só plataforma (smartphone), sem gastar tempo com deslocamento até agências bancárias ou com filas. 


Pois bem, a ideia por trás desses avanços é que as operações dos negócios tenham uma atuação focada na centralização das suas funcionalidades, assegurando que gestores tenham mais facilidade em administrar as etapas de um serviço e que os usuários acessem uma experiência completa. 


Nesse contexto, crescem as expectativas sobre a otimização e utilização da integração de sistemas e da centralização no controle de acesso. 


Estruturar um portfólio com portaria interconectada, com câmeras, alarmes e sensores inteligentes, tudo em uma só solução, torna-se um dos principais diferenciais de empresas de segurança eletrônica e um dos mais fortes argumentos de venda. Afinal, a empresa de monitoramento passa a entregar o que é a demanda da comunidade.


Afinal, o que é e qual o potencial da integração de sistemas para o controle de acesso? 


Como dissemos, as integrações de sistemas estão entre as tendências tecnológicas mais relevantes de 2024 e 25. Isso porque estão associadas à necessidade da indústria de desenvolver soluções que realmente facilitem o cotidiano de negócios e de clientes. 


Um estudo da Apigee, por exemplo, identificou que 56% dos profissionais responsáveis por tomar decisões nos empreendimentos diz considerar as APIs (interfaces de programação e integração de soluções, ou seja, tecnologias que permitem a integração de recursos, funcionalidades e outras plataformas) como ativos que auxiliam a construção de melhores experiências e melhores produtos digitais. Além disso, o Gartner prevê que mais de 80% das empresas utilizarão essa inovação como estratégia para aperfeiçoar processos internos até 2026.


Em outras palavras, isso significa dizer que o mundo está consumindo a integração de sistemas e que os diversos setores do mercado precisam orientar as suas soluções para essa realidade. 


Quando associada ao controle de acesso, a integração de sistemas diz respeito à possibilidade de uma solução de portaria condensar outras frentes de monitoramento, como geração de alarmes, telefonia/voz, painéis de análise de dados da operação, câmeras de vigilância, sensores inteligentes, automatizadores, softwares com inteligência artificial, dispositivos inteligentes, entre outras tecnologias. 


Essa centralização possibilita também a implementação de softwares de gestão integrados (ERP) e migração das organizações para a nuvem. 


O mesmo relatório do Gartner estima ainda que mais de 70% das empresas irão optar por plataformas hospedadas na nuvem até 2027 com o objetivo de acelerar as iniciativas de negócio.


Portanto, estruturar uma empresa de segurança eletrônica para a integração de sistemas na portaria é firmar um compromisso com a qualidade do serviço a ser oferecido e com o que os usuários esperam em relação às suas contratações. 


No cenário atual, é indispensável que as empresas de monitoramento tenham acesso a uma plataforma de gestão que permite conexão a aplicações diversas e a outras de terceiros, entregando uma maior agilidade e eficiência operacional.  


“E como o controle de acesso integrado é visto pelos usuários?” 💬 


Recorrer à integração de sistemas de segurança é uma prática popular tanto para empreendimentos comerciais quanto residenciais. 


A abordagem, por combinar em uma solução o controle de acesso a câmeras de vigilância, sistema de telefonia/voz, alarmes e demais funcionalidades, fica mais abrangente e eficaz, repercutindo em maior satisfação com o serviço e também na dinamização do trabalho dos operadores. Os profissionais passam a se orientar através de uma interface única de monitoramento, aperfeiçoando seu atendimento. 


Ou seja, investir em um software que esteja hospedado em nuvem e que permita a integração de sistemas é uma alternativa para aprimorar não só a entrega do serviço como também os processos internos de empresas de monitoramento. Foi o que a Entri Portaria fez através da implementação dos recursos e do software Segware. 

Case de sucesso Entri Portaria: o potencial da integração de sistemas na prática do negócio.  


A Entri é pioneira em serviços de portaria remota, serviços de portaria autônoma, controle de acesso e terceirização, gestão de encomendas, carregadores veiculares e monitoramento urbano com poste inteligente em Curitiba, Paraná. 


Por ter a inovação em seu DNA, associou os recursos da Segware, empresa líder em soluções tecnológicas para monitoramento, ao dia a dia do negócio, tendo como resultado direto a expansão e diversificação da sua carteira de clientes.


“Antes trabalhávamos apenas com monitoramento de condomínios residenciais. Com o Segware Access (software de controle de acesso em nuvem) o leque aumentou muito e agora atendemos escritórios de advocacia, lojas, condomínios comerciais, etc” - destaca Madson Duarte Leite - CTO Entri Portaria


Atualmente, a organização registra mais de 80 clientes finais de controle de acesso, os quais são integralmente assistidos por um serviço de segurança completo, abrangente de ponta a ponta, além de totalmente integrado. 


Já em relação aos seus processos internos, a Entri otimizou os custos, a operação e os indicadores de atendimento dos profissionais através da conjugação dos recursos do Segware Access (software de controle de acesso) e Segware SIGMA (melhor software para monitoramento de alarmes, imagens e controle de acesso).


"Sempre tivemos a vontade de trabalhar com um software que também oferecesse o monitoramento de alarmes. No SIGMA essa solução já veio completa para nós” - conta Madson. 


Assim, por meio da parceria com a Segware e suas diferentes ferramentas, a Entri foi capaz de centralizar seus esforços e etapas de controle de acesso, transformando o seu portfólio de serviços em um verdadeiro exemplo de eficiência operacional. 



Tarso Mauricio, Supervisor de atendimento Entri Portaria, destacou a integração do software Segware com as soluções para condomínio da SCond como uma de suas principais vantagens para a operação da empresa. 


“Um ponto muito forte do sistema Segware Access é o sincronismo com a solução SCond. A partir do momento em que um cadastro é aprovado em um dos sistemas, o mesmo registro já aparece no outro, auxiliando o desempenho das funções das empresas” - afirma Tarso Mauricio. 


Na prática, o Segware Access permite que a Entri ofereça ainda mais comodidade e praticidade aos operadores e ao clientes, visto que o software de controle de acesso em nuvem é o mais completo do mercado!


Por meio desta ferramenta empresas como a Entri gerenciam usuários, visitantes e prestadores de serviço, além de conseguirem cadastrar equipamentos e configurar dispositivos remotamente.


Confira suas vantagens: 


  • Otimização do trabalho do operador, uma vez que ele agora encontra tudo em uma tela só;

  • Solução inteiramente em nuvem reduzindo custos e melhorando a satisfação do cliente;

  • Ferramentas atualizadas;

  • Registro na nuvem de anotações que ajudam a manter a segurança e a qualidade no atendimento;

  • Combinação de controle de acesso com aplicativo de Portaria autônoma;

  • Possibilidade de diversificação de carteira de clientes;

  • Ferramenta intuitiva e fluida;

  • Sem delay;

  • Rapidez e agilidade no atendimento e na finalização de cada evento, entre outras. 


Ao contratar essa solução Segware você ainda garante os seguintes diferenciais:

  • Recebe eventos de interfone (telefonia) e estabeleça comunicação através do click to call;

  • Envia comandos remotamente, possibilitando a realização de serviços de controle de acesso, como uma portaria remota ou, até mesmo, portaria autônoma;

  • Sincroniza equipamentos importando/exportando usuários, suas biometrias e dispositivos de maneira fácil e rápida;

  • Utiliza o controle de acesso para portarias, condomínios, empresas, escolas e muito mais.

Sobre o Segware SIGMA


Indo além na sua proposta de investir em tecnologia e avanços digitais, a Entri ainda apostou na implementação do SIGMA! 


O Segware SIGMA, junto com o Segware Access, possibilitam a fácil integração entre a operação e serviços de controle de acesso e o monitoramento de alarmes, tudo em tela só para o operador, através de uma plataforma hospedada em nuvem.


Trata-se das soluções da Segware, que oferecem o melhor software para monitoramento de alarmes, imagens e controle de acesso do mercado, oferecendo controle total da central de monitoramento.


"A empresa cresce e aparecem novos desafios, dentre eles a necessidade de trabalhar com nuvem. Quando você começa a expandir, com 30 a 40 clientes, e precisa reiniciar um servidor físicos para fazer uma atualização, significa que você parou de atender. A partir de determinado momento você não pode mais se dar a esse luxo, seja de madrugada ou não. A Segware nos apresentou o SIGMA Cloud, ferramenta que testamos ele exaustivamente e deu certo” - compartilha Madson Duarte Leite - CTO Entri Portaria


Com essa implantação, a Entri passou a contar com:


  • Monitoramento em tempo real de tudo que ocorria com os seus clientes, com sua equipe técnica e tática, 100% na nuvem, online.

  • Tecnologia de ponta, com gerenciamento de atividade 24hs por dia.

  • Software de monitoramento em Cloud de verdade, com múltiplas tecnologias e escalável.

  • Serviços hospedados na Amazon Web Services.

  • Equipe qualificada para suporte técnico 24hs por dia, 7 dias por semana, 365 dias ao ano.

  • Além de time especializado para realizar as implantações e migrações de sua atual plataforma.

  • Suporte para uma implantação ágil e estável.

  • Redução do tempo de atendimento. 

  • Economia de custos na operação.

  • Eficiência operacional.


Ou seja, a empresa pôde crescer de forma estratégica e sustentável, sem abdicar da qualidade dos seus serviços e do compromisso com o cliente final.

____________________________________


Ao dar o play no vídeo abaixo você confere o case na íntegra para conhecer outros detalhes dessa parceria de sucesso entre gigantes três do mercado - Entri, Segware e SCond.


"Na hora da implementação do software, a gente não teve um minuto de instabilidade, nenhum problema inicial com relação à migração"


“Comparando o Sigma com o software antigo, um atendimento específico que levava de 30 a 40 segundos para uma abertura simples, agora leva de 5 a 10 segundos. ".


Assista na íntegra: Depoimento | Entri portaria


34 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page