• Segware

Rastreamento: o que é e por que sua empresa de segurança deve adicionar esse serviço ao portfólio

Atualizado: Nov 19

Empreendimentos residenciais e comerciais estão cada vez mais investindo em segurança patrimonial, portaria remota e outras soluções que envolvem tecnologia. E esse tipo de investimento envolve soluções eletrônicas que geram novas oportunidades para as empresas de segurança, sendo o rastreamento umas dessas oportunidades de expansão do negócio.

Para se ter uma ideia, a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese) indicou em uma pesquisa que 35% das empresas de segurança que trabalham com portarias remotas fizeram melhorias em 2019. Ou seja: o mercado está gerando bastantes oportunidades de crescimento para o setor e, nesse sentido, o rastreamento pode ser uma delas.

Mas, afinal, o que é rastreamento? É a mesma coisa que monitoramento? Quais tecnologias permitem rastreamento? Essas e outras perguntas nós responderemos neste post. Então, acompanhe e boa leitura!


Qual é a diferença entre rastreamento e monitoramento?


Em geral, podemos dizer que os conceitos de rastreamento e monitoramento são bastante parecidos. Entretanto, eles têm algumas diferenças e, na realidade, o rastreamento é uma etapa de um processo um pouco mais abrangente.


O rastreamento está no âmbito de registrar e analisar as ocorrências existentes ao longo do caminho, geralmente, com o objetivo de obter informações sobre os deslocamentos para a definição de diretrizes de como evitar e resolver determinados problemas.

Por exemplo, quando há o transporte de uma encomenda, caso aconteça algum desvio de rota, furto ou roubo, o rastreamento pode avaliar o histórico de deslocamento e procurar recuperar a encomenda.


Além disso, o rastreamento não é realizado só com o fim de segurança, mas também para administrar operações que estejam relacionadas a logística, em especial para definir roteiros melhores, avaliar distâncias e expectativas de tempo, gerando uma economia de tempo e combustível.


Já o monitoramento é um processo em que se observa e controla as etapas do rastreamento, do começo ao fim. Por exemplo, se você possui uma equipe de ronda e precisa encaminhar o seu tático até um cliente, será possível analisar tudo o que ocorreu durante o trajeto. Assim, você saberá se a ronda realmente foi até o cliente, e em qual horário a ronda foi efetivada.


Em resumo, monitorar é observar tudo o que ocorre ao longo do deslocamento e registrar tudo o que ocorreu. É mais ou menos aquilo que pedimos a alguém quando a pessoa sai: "avise onde está" ou "diga que horas pretende voltar". Assim, o monitoramento é esse trabalho de analisar e registrar.


Leia mais: Botão de Pânico: o que é, para que serve e qual é a sua importância


Quais são as tecnologias que permitem rastrear?


É claro que somente novas tecnologias e investimento em inovação permitem que o rastreamento seja realizado. Atualmente, há muitos tipos de tecnologia que atendem a diferentes tipos de rastreamento.


Por exemplo, há rastreamento por celular, que capta a localização por meio de GPS e envia os dados para a nuvem, usando a infraestrutura de telefonia móvel que já existe. Esse tipo de rastreamento é excelente para identificar a localização de veículos.


Já o rastreamento indoor é feito por meio de sensores wireless embarcados e antenas receptoras, e é utilizado para encontrar pallets em armazéns. O RFID, por sua vez, utiliza ondas eletromagnéticas que identificam e rastreiam etiquetas (também chamadas de tags) colocadas em objetos, e pode ser utilizado para identificar a localização de computadores em um datacenter.


Leia mais: Dicas para reduzir a inadimplência em empresas de monitoramento


Como o rastreamento pode ser usado no segmento de segurança?


No âmbito de segurança, as centrais de monitoramento podem utilizar o rastreamento como uma oferta de serviço adicional aos clientes. Atualmente, é mais comum encontrarmos esse serviço atrelado ao rastreamento veicular de frotas. Entretanto, essa não precisar ser a única utilização, e é possível aplicá-lo a outras situações de segurança também.


É possível até realizar o rastreamento de pessoas. Isso porque as tecnologias acima citadas podem ser usadas aos que precisem de cuidados 24 horas por dia. A tecnologia empregada vai variar de acordo com a situação que precisa ser solucionada.

Com isso, pode-se receber dados como a duração do deslocamento da escola até a casa por meio de rastreadores colocados em mochilas, taxistas, motoristas de aplicativo, dentre outros. Até mesmo animais de estimação podem ser rastreados, bastando instalar pequenos rastreadores na coleira dos animais.


Leia mais: Quais relatórios uma empresa de monitoramento deve acompanhar


Agora que você sabe mais sobre rastreamento, que tal investir em um software de monitoramento e segurança que ajude a tornar seu negócio mais eficiente e competitivo? Para isso, certifique-se de buscar uma ferramenta que forneça as melhores funcionalidades, para que possa alcançar os resultados esperado.

Quer saber mais? Então fale agora conosco e peça uma demonstração!


336 visualizações
Segware
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn

Brasil/SC: +55 48 32310000
Brasil/SP:  +55 19 31139450

EUA: +1 305 7671552
México: +52 55 41708415
Argentina: +54 11 52195583
Colombia: +57 2 8912730
Chile: +56 2 29381412
Venezuela: +58 212 7202193

Copyright © 2020 Segware Security Performance. Todos os direitos reservados.

GPTW